top of page
Buscar

Luis Gustavo da Silva Buske é o melhor Sommelier do RS em 2023

Prova contou com um estreante em finais, Marcelo dos Santos, e com a campeã da primeira edição, Deisi da Costa


Luis Gustavo da Silva Buske conquistou o título de Melhor Sommelier do Rio Grande do Sul, pela segunda vez seguida, após a finalíssima promovida pela ABS-RS que ocorreu no dia 3 de julho de 2023, no Hotel & Spa do Vinho, em Bento Gonçalves, e que também contou com um estreante em finais, Marcelo dos Santos, e com a campeã da primeira edição do certame, Deisi da Costa. Antes de chegar à final, o trio teve de fazer uma prova teórica sobre diversos aspectos da profissão. O teste teve a participação de 11 concorrentes, sendo três mulheres e oito homens. A maioria dos candidatos reside na Serra Gaúcha (9), sendo dois de Bento Gonçalves, cinco de Caxias do Sul e um representante de Canela, outro de Garibaldi, um de Canoas e um de Porto Alegre.


Buske atua há oito anos no Restaurante Braziolli, de Gramado, na Serra Gaúcha. Segundo ele o que o motivou a voltar a concorrer foi se desafiar a evoluir ainda mais, e também se preparar para o concurso de melhor Sommelier do Brasil que será realizado no segundo semestre. "Esse prêmio serve como um estímulo para continuar estudando. Participo desde a primeira edição e a cada ano o nível está mais elevado. É sempre muito difícil administrar o tempo, sob pressão e exercer o serviço do vinho com os desafios que foram colocados", resumiu. O bicampeão iniciou a carreira como garçom e atualmente está na gerência do restaurante. Ele conta que faz parte do seu dia a dia a condução de um serviço formal, como é exigido no concurso, mas que os elementos-surpresas que foram colocados acabaram trazendo dificuldades extras na final. "É importante que as empresas valorizem a profissão do Sommelier porque ela é fundamental para que se amplie a cultura do vinho no país. Com mais conhecimento teremos um mercado mais maduro em todas as pontas", defendeu. O presidente da ABS-RS, Júlio César Kunz, destacou a coragem dos finalistas em se colocarem à prova. Segundo ele, a profissão de Sommelier exige que os profissionais se exponham e quem ganham são os consumidores por contarem com um serviço com excelência cada vez maior.


Presidido por Mauricio Roloff (diretor de ensino da ABS-RS), o júri foi composto por Ricardo Morari (presidente da ABE), Patrícia Binz (diretora de marketing da ABS-RS); Angélica Brandalise (gestora do Sebrae RS), Marcelo Vargas (vice-presidente da da ABS-RS), Karina Licks Zini (gerente do Hotel e Spa do Vinho), Andreia Gentilini Milan (diretora da ABS-RS), Rodrigo Bellora (chef do Valle Rústico), Wallace Gonçalves (Melhor Sommelier do Brasil) de 2022), Lucia de León (Inavi, do Uruguai), Jussara Konrad (gestora da Wine South America) , Michel Waller (jornalista da Band-RS), Júlio César Kunz (presidente da ABS-RS), Gladimir Zanella (SEGH) e Marcos Graciani (diretor ABS-RS). O concurso foi transmitido ao vivo pelo canal do YouTube da ABS-RS. A prova foi comentada por Vinícius Santiago, diretor de degustação da ABS-RS.

Comments


LEIA TAMBÉM LEIA TAMBÉM LEIA TAMBÉM LEIA TAMBÉM LEIA TAMBÉM LEIA TAMBÉM LEIA TAMBÉM LEIA TAMBÉM LEIA TAMBÉM LEIA

Frame (2).png
bottom of page